O Sacrifício de Prometeu: um esforço consciente

O_Sacrificio_de_Prometeu_um_esforco_consciente

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook 0
Share on google
Google+ 0
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print

O sacrifício é necessário quando temos a vontade de alcançar um objetivo. Nossas conquistas estão relacionadas a quantidade de sacrifícios que estamos dispostos a fazer todos os dias para chegar onde queremos.

Para aprender a tocar um instrumento teremos que nos dedicar um pouco todos os dias, se desejamos ter mais conhecimentos precisaremos estudar um pouco todo dia, assim é com cada um dos nossos projetos.

Prometeu foi um Titã que desafiou Zeus roubando o fogo dos deuses para entregá-lo aos homens. Quando ele fez isto sabia que seria castigado por Zeus, que o prendeu em um alto penhasco de cabeça para baixo, sofrendo diariamente o ataque de uma águia que comia seu fígado durante o dia. Todas as noites o fígado era regenerado para a continuidade da tortura. Mas, mesmo sofrendo esta situação por mais de 30 anos Prometeu se sentia confortado porque havia feito algo que era importante para ele.

Quando caminhamos em direção a um projeto importante inevitavelmente nos sentiremos como Prometeu. No percurso enfrentaremos o peso do cansaço, da perda da fé, da descrença dos outros, dos nossos medos e limitações, da concorrência etc. Então, iremos parar e nos perguntar se devemos continuar a buscar o que almejamos. A resposta será diretamente proporcional a importância do que queremos alcançar. Se realmente for um chamado de nossa alma o sacrifício será um ato de esforço consciente.

No Tarô Mitológico Prometeu aparece para nos mostrar que enfrentaremos uma situação em que será requerido uma atitude de sacrifício.