Como envelhecer com saúde e Vitalidade?

Como_envelhecer_com_saude_e_Vitalidade

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook 0
Share on google
Google+ 0
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print

É comum a preocupação com o envelhecimento porque tememos as doenças que surgem com o acúmulo dos anos. O Relatório Mundial de Envelhecimento e Saúde relata as perdas que podem surgir após os 60 anos de idade: audição, visão, movimentos físicos, doenças não transmissíveis, doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, deficiências respiratórias crônicas, câncer e transtornos mentais. Perdas que atingem os idosos de países ricos e pobres.

No prefácio do citado relatório a Dra. Margaret Chan, diretora-geral da Organização Mundial da Saúde esclarece que as perdas que geralmente ocorrem após os sessenta anos não estão diretamente relacionadas a idade cronológica, e sim a uma série de eventos ocorridos durante a vida que causaram danos que a longo prazo acarretam perdas de funções específicas.

Como mostra a evidência, a perda das habilidades comumente associada ao envelhecimento na verdade está apenas vagamente relacionada com a idade cronológica das pessoas. Não existe um idoso “típico”. A diversidade das capacidades e necessidades de saúde dos adultos maiores não é aleatória, e sim advinda de eventos que ocorrem ao longo de todo o curso da vida e frequentemente são modifcáveis, ressaltando a importância do enfoque de ciclo de vida para se entender o processo de envelhecimento. Embora a maior parte dos adultos maiores apresente múltiplos problemas de saúde com o passar do tempo, a idade avançada não implica em dependência.

A missão do nosso trabalho aqui no Site Saúde como Caminho é esclarecer que as enfermidades que desenvolvemos resultam de nosso comportamento na vida. A maneira como vivemos, o valores que norteiam nosso trabalho, nossas relações familiares, nossas relações amorosas são as verdadeiras razões de nosso adoecimento. Portanto, é essencial nos dedicarmos a resolver nossos conflitos com familiares, companheiros, amigos, colegas de trabalho e com cada ser humano que encontramos na estrada da vida. O tempo gasto em solucionar estes conflitos previne possíveis enfermidades, amplia nosso bem-estar e garante uma velhice saudável, produtiva e cheia da alegrias.