Doenças crônicas: significado psicológico/espiritual

Doencas-cronicas-significado-psicologico-espiritual

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook 0
Share on google
Google+ 0
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print

Toda enfermidade é resultante de um conflito gerador de um padrão de comportamento que desequilibra o funcionamento sistêmico de nosso organismo, portanto a raiz de nossos males está em nossa compreensão equivocada sobre as situações que enfrentamos em nosso cotidiano.

Para entender nossas explicações recomendo que amplie seu olhar sobre as razões ocultas das doenças. Compreendemos que cada doença tem o objetivo de nos alertar sobre pensamentos, sentimentos e comportamentos equivocados. Quando começamos a acessar os significados simbólicos de nossas doenças temos a oportunidade de nos autoconhecer e transformar as posturas que estão na origem da enfermidade que enfrentamos. Explico este processo com detalhes em meu livro: Saúde e Espiritualidade.

SIGNIFICADOS: Segundo Dahlke (2010) os conflitos podem ser entendidos como uma guerra interna que, podem ficar periodicamente adormecidos, e de repente explodir, quando explodem geram tipos diferenciados de doenças, de acordo com as fragilidades inerentes a cada pessoa. Quando o conflito não explode, ficando estagnado por muito tempo em nossa consciência (pensamento e emoções), a longo prazo irá desencadear uma doença crônica. Diante de situações que são difíceis de enfrentar simplesmente negamos sua existência, geralmente por medo de assumir que precisaremos nos posicionar fazendo escolhas que implicarão ganhos e perdas futuras. Esta covardia tem um preço altíssimo pois irá provocar uma doença que nos acompanhará pelo resto da vida.

TRATAMENTO: Olhar os conflitos de frente, administrar os problemas que podem surgir do enfrentamento. Assumir os próprios pensamentos e sentimentos com determinação e tranquilidade. Recursos que podem ajudar no tratamento dos sintomas: MeditaçãoalimentaçãoReikepsicoterapiaexercícios físicos, yoga. Conheça outros recursos que podem ajudar a sua cura.