Conhecimento Liberta, ignorância aprisiona

Conhecimento-Liberta-ignorancia-aprisiona

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print

Em minha ignorância pensava que viver era difícil porque nascemos sem manual de instrução. Descobri que estava completamente errada quando me dediquei a estudar ciências relacionadas ao ser humano e sua evolução espiritual: psicologia,tarô, fisiologia, saúde, espiritualidade, física quântica, astrologia, bioenergias, psicanálise etc. Também procurei profissionais e pessoas experientes que me apresentaram importantes ferramentas para o autoconhecimento: floraisbiodançaaiurvédica, análise, psicoterapiabioenergéticatecnologia da luz.

Muitas vezes percebi que, em momentos difíceis, preferi ficar na ignorância para manter meu papel de vítima, culpando outros por meus sofrimentos e frustrações. Hoje estou livre de muitas de minha prisões porque me esforcei para compreender os porquês da minha realidade e o caminho de reconstruí-la. Há algum tempo sou protagonista de mina vida.

Na aquisição do conhecimento devemos, tanto quanto possível, confiar-nos aos assuntos que nos afetam diretamente em nossa vida e, ao estudá-los, procurar os fatos essenciais e fundamentais. Necessitamos de muito discernimento, pois o domínio do conhecimento é sem limite e nossa vida curta. Se temos um propósito em nossa vida não podemos nos permitir perda de tempo e de energia acumulando idéias e fato inúteis, especialmente quando há tanto conhecimento de valor permanente e real que temos que obtendo curto tempo de que dispomos. É claro que todos em que decidir por si mesmos qual conhecimento é de valor permanente e real, mas pode-se dizer que, de maneira geral, todo conhecimento que nos ajude a realizar na vida nossos propósitos principais e subsidiários é importante, enquanto que o conhecimento não utilizável desta maneira deve ser considerado inútil, pelo menos no presente (TAIMNI, Autocultura: a luz do ocultismo, p.103, 2007.)

Em nosso curso de tarô iremos estudar muitos dos arquétipos de comportamento que nos aprisionam em situações dolorosas ou nos impedem de realizar nossos objetivos. Esta poderosa ferramenta nos revela como estamos tecendo os fios da realidade inconscientemente para transforma-lá com as cores que desejarmos.

Escrito por Silvana Medeiros