Síndrome do Pânico: significado psicológico/espiritual

Sindrome-do-Panico-significado-psicologic-espiritual

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print

O medo é uma emoção natural quando nos deparamos com situações desconhecidas, em que nos sentimos vulneráveis. O problema é quando esta emoção se amplia e torna-se comum em nosso cotidiano gerado uma sensação de desespero em ocasiões que não apresentam nenhum risco aparente.

Tem crescido o número de pessoas que desenvolvem síndrome do pânico, elas tem suas vidas interrompidas por um mal que provoca um pavor descontrolado até mesmo diante da possibilidade de colocar os pés fora de casa.

Significado psicológico/espiritual: Para Dahlke (2010), que se dedica a pesquisa das razões psicológicas e espirituais das enfermidades, a síndrome do pânico é consequência de uma rigidez em relação a vida. O autor fala de uma dificuldade de viver de maneira aberta e livre, aceitando e vivenciando a realidade com liberdade, inclusive a morte.

Tratamento: aprender a vivenciar o cotidiano com abertura para o novo e aceitar a finitude da vida, procurar compreender e apreciar a vida.

Recursos recomendados: PsicoterapiaBiodançafloraisfitoterapiapsicotrópicosmassagem e outros.

Em minha caminhada aprendi que podemos nos curar quando descobrimos como adoecemos, mas geralmente precisamos de ajuda quando nos encontramos em meio as crises que periodicamente enfrentamos. Os recursos terapêuticos existem para restabelecer o equilíbrio perdido e recriar uma vida mais feliz e alegre. Tenha coragem de experimentá-los e ampliar sua percepção sobre sua vida.